Diabético pode tomar leite?

O Leite é um alimento milenar e considerado uma das principais fontes de proteína e cálcio da alimentação. Além disso, o leite é rico em outros nutrientes e tem características que ajudam você, portador de diabetes, a controlar melhor a sua doença. Descubra neste artigo se diabético pode tomar leite e informe-se.

Quem tem Diabetes pode tomar leite?

A resposta curta é: sim. O leite pode ter benefícios para os portadores de diabéticos e também quem ainda não desenvolveu diabetes.

Porém, é importante lembrar: o leite contém lactose, um tipo de carboidrato, ou seja, vai se transformar em glicose no sangue e se você tem Diabetes, ele pode gerar pico de açúcar no sangue e estímulo da produção da insulina. Leita o artigo para entender melhor.

O leite pode prevenir o Diabetes

Vários estudos já demonstraram que o consumo de leite pode contribuir para a prevenção do Diabetes. Muitos fatores influenciam os efeitos do leite neste sentido, como o tipo de leite consumido, a porcentagem de gordura e a quantidade consumida diariamente. Um grande estudo publicado em 2011, que revisou trabalhos anteriores, encontrou 14% de redução no desenvolvimento de Diabetes Tipo 2 na população com a maior ingesta de leite, comparado com a população com a menor ingesta de leite¹.

Alguns estudos indicam que os efeitos benéficos do leite na prevenção do Diabetes acontecem devido ao teor de cálcio e vitamina D presentes neste alimento. O cálcio pode diminuir o acúmulo de gordura e acelerar a perda de peso e de gordura em situações de restrição calórica. Além disso, o cálcio pode reduzir o estresse oxidativo (radicais livres) e a inflamação no organismo, enquanto a vitamina D pode acelerar a oxidação de lipídeos da refeição.

Além disso, alguns estudos² também mostram que o consumo do leite de vaca pode prevenir inclusive a Diabetes Tipo 1 (aquela que surge geralmente na infância ou adolescência). Isso porque a caseína (proteína presente no leite de vaca) gera compostos chamados β-casomorfinas, que levam à imunossupressão. Como a Diabetes tipo 1 é uma doença autoimune, isso pode teoricamente reduzir seu surgimento. O mesmo é visto em estudos que avaliam o consumo do leite materno na prevenção do Diabetes, pois o leite materno previne tanto Diabetes tipo 1 como a Diabetes tipo 2 na vida adulta!

Benefícios do whey protein para a saúde

O objetivo deste artigo não é falar sobre os inúmeros benefícios do whey protein (proteína do soro do leite). Se você tiver interesse, deixe seu comentário e faremos um artigo sobre o assunto.

Porém, quando se fala nos benefícios do leite, não podemos esquecer do whey. Inúmeros estudos já têm mostrado efeitos benéficos tanto para prevenção do diabetes como no controle da doença se você já é diabético. O whey protein tem vários benefícios³, dentre os quais:

  • É fonte de proteínas de alto valor biológico (alta taxa de absorção pelo organismo).
  • Promove a saciedade e reduz a ingesta de outras fontes de energia como carboidratos e gorduras.
  • Reduz o risco de sobrepeso, obesidade e hipertensão arterial (pressão alta), que são fatores de risco importantes para diabetes tipo 2, além de doenças associadas que pioram a qualidade de vida e o prognóstico do portador de diabetes4.
  • Aumenta a sensibilidade à insulina.

Quem deve evitar o consumo de leite?

Em geral, você que tem diabetes pode consumir leite. Porém, aqui vão algumas ressalvas. Evite o leite se você tem:Alergia ao glúten;

Alergia ao leite: em torno de 2 a 5% das crianças têm alergia ao leite. Esse número cai para menos de 0,5% na fase adulta. Porém, se você é alérgico ao leite, deve evitá-lo a todo custo.

Intolerância à lactose: até 65% da população mundial pode ter intolerância à lactose. Geralmente a intolerância é parcial, ou seja, ainda é possível consumir uma certa quantidade de leite sem surgimento de sintomas. É preciso lembrar que a intolerância à lactose é um diagnóstico médico e não uma suposição. Mesmo se você tem intolerância à lactose, é possível consumir laticínios fermentados como o kefir ou iogurte natural, que são menos ricos em lactose.

Diarreia aguda ou crônica: a lactase, enzima que realiza a quebra da lactose, é presente na mucosa do intestino de pessoas saudáveis. Se você passou por um surto de diarreia infecciosa, ou se você ainda é portador(a) de diarreia crônica, provavelmente há deficiência de lactase, o que dificulta a absorção da lactose e gera todos os sintomas de intolerância a este composto. Por isso, é importante reduzir a ingesta ou evitar o leite.

Síndrome do Intestino Irritável: semelhante ao caso de portadores de diarreia aguda ou crônica, se você tem Síndrome do Intestino Irritável, é possível que sua lactase seja insuficiente para quebrar as moléculas de lactose e, assim, é importante atenção no consumo do leite.

Qual tipo de leite o diabético pode tomar?

Em geral, não se preocupe em consumir leites especiais como os sem lactose ou desnatados. O leite desnatado é aquele em que a gordura é retirada. Porém, isso acaba aumentando a concentração do que? Justamente, do carboidrato (açúcar)!

Por isso, se você tem diabetes, prefira o consumo do leite integral.

O leite pode ser amigo de quem usa insulina

Se você tem Diabetes Tipo 1 (insulinodependente) ou uma Diabetes Tipo 2 avançada e sofre com hipoglicemia noturna (ou em algum outro momento do dia), o leite pode ser um grande aliado.

Isso porque a hipoglicemia surge quando você tomou uma dose de insulina e não tem glicose suficiente circulando no organismo enquanto ela está agindo. Quando isso acontece, há uma baixa súbita de glicose no sangue. Além disso, se você toma insulina à noite e está acordando com níveis muito altos de hiperglicemia pela manhã, é possível que esteja tendo uma queda importante da glicemia à noite e uma subida da glicemia de rebote. Neste caso, você pode fazer medidas da glicemia capilar em torno das 3 horas da manhã para avaliar melhor seu caso.

Se você tem hipoglicemia, o leite pode ser um grande aliado

Pela sua carga de gordura, o leite é um alimento de absorção lenta. Então, se você está sofrendo de hipoglicemia, o consumo do leite, antes de dormir por exemplo, fará com que o seu corpo libere pequenas doses de glicose ao longo da noite, evitando assim a hipoglicemia!

Existem alternativas melhores que o leite

A melhor alternativa para consumo de laticínios enquanto diabético é o kefir. O kefir é um composto probiótico, contendo de 1 a mais de 20 bactérias saudáveis ao organismo. Essas bactérias quebram toda a lactose presente no leite e liberam apenas compostos muito saudáveis ao organismo, como substâncias antioxidantes variadas e anti-inflamatórios. Muitos estudos atuais estão avaliando os impactos positivos do kefir na saúde em geral e especialmente na saúde intestinal.

O kefir é um laticínio fermentado com baixa quantidade de lactose, reduzindo assim a quantidade de açúcar presente no leite

Portanto, se você procura uma alternativa ao consumo do leite, não deixe de provar o kefir!

Referências:

  1. Tong, X., et al. “Dairy consumption and risk of type 2 diabetes mellitus: a meta-analysis of cohort studies.” European journal of clinical nutrition 65.9 (2011): 1027-1031. Disponível em: https://www.nature.com/articles/ejcn201162
  2. Elliott, R. B., et al. “Type I (insulin-dependent) diabetes mellitus and cow milk: casein variant consumption.” Diabetologia 42.3 (1999): 292-296.
  3. Liu S, Choi HK, Ford E, Song Y, Klevak A, Buring JE et al. (2006). A prospective study of dairy intake and the risk of type 2 diabetes in women. Diabetes Care 29, 1579–1584. Disponível em: https://care.diabetesjournals.org/content/29/7/1579
  4. Luhovyy BL, Akhavan T, Anderson GH (2007). Whey proteins in the regulation of food intake and satiety. J Am Coll Nutr 26, 704S–712S. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/07315724.2007.10719651

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Clínico geral, formado pela PUC-PR, com experiência no tratamento de pacientes com doenças crônicas como Diabetes e Hipertensão. Residente do primeiro ano de Oftalmologia no Hospital de Olhos de Sorocaba (HOS). Co-fundador da startup MedSimples de Medicina & Saúde. Desenvolvedor web, especialista em SEO e redator de artigos voltados à educação em saúde para o público leigo há mais de 8 anos.

Deixe um comentário

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!