Complicações Crônicas

Com o passar dos anos, o diabetes mal controlado pode causar complicações nos rins, olhos, nervos, coração, vasos cerebrais e pés.

Veja abaixo alguns cuidados importantes para sua saúde:

Rins

Para manter os rins saudáveis:

  • Mantenha o controle do nível de açúcar do seu sangue e da pressão arterial;
  • Faça uma dieta com quantidades adequadas de proteína e carboidratos;
  • Não fume;
  • Pratique exercícios físicos regularmente.

Olhos

A glicemia elevada pode causar turvação (embaçamento) visual que regride após normalização do controle glicêmico. Por isto, não é adequado avaliar a necessidade de óculos de correção com o controle glicêmico inadequado. Faça uma avaliação do fundo de olho, anual ou semestral, conforme indicado pelo seu oftalmologista, para que seus olhos tenham tratamento precoce, evitando um comprometimento visual grave causado pela retinopatia diabética.

Nervos

O controle do nível de açúcar no sangue também ajuda a prevenir a neuropatia diabética (danos nos nervos). As alterações nos nervos podem provocar sensações de formigamento ou agulhadas, diminuição da sensibilidade e dor, principalmente em pés, mas que também podem acometer as mãos. Geralmente, estes sintomas são bilaterais. Converse com o seu médico, caso estes sintomas estejam presentes.

Coração

Quando se tem diabetes é necessário manter sob controle, além da glicemia, a pressão arterial e os níveis de colesterol e triglicérides no sangue para reduzir o risco de desenvolvimento de doenças como o infarto e a angina. Este risco aumenta se o portador de diabetes for fumante e sedentário, deixando o paciente mais exposto ao surgimento de doenças causadas por obstruções de grandes vasos, como coronárias, vasos cerebrais e vasos dos membros inferiores.

Pés

Ter diabetes significa que você tem que ter cuidado com seus pés, pois eles se tornam mais suscetíveis a lesões e infecções. Isto ocorre, principalmente, quando há associação da neuropatia diabética e de má circulação sanguínea, também comum em portadores de diabetes.

1. Aprenda a cuidar dos seus pés

Ter bons hábitos e cuidados com os pés ajuda a prevenir problemas. Visite regularmente um podólogo, mantenha seus pés hidratados e sem micoses.

Examine seus pés diariamente, se for necessário use um espelho para que você possa ver todos os ângulos. Veja se tem pequenas rachaduras ou nódulos escuros. Verifique também se há alterações nas unhas e na pele.

2. Primeiros sinais de infecção

  • Pele avermelhada e quente ;
  • Inchaço;
  • Dormência;
  • Dores;
  • Odor desagradável.

Se estiver com alguns desses sintomas, procure imediatamente seu médico para que ele lhe indique um tratamento adequado.

Muitos problemas podem ser evitados se você proteger seus pés usando o calçado adequado. Evite calçados que deixem os dedos espremidos ou que causem bolhas no calcanhar. Quando for comprar sapatos certifique que eles estejam bem ajustados aos seus pés e sejam macios.

Para cada atividade que fizer, utilize um calçado adequado, por exemplo, para longas caminhadas use um tênis confortável. Utilize meias de algodão.

3. Cuidados

Você deve ter cuidados diários com os seus pés. Após lavá-los, seque-os bem para evitar fungos. Utilize um hidratante para manter a pele suave e macia, mas não passe o hidratante entre os dedos para não causar umidade.
Se você preferir, pode utilizar talco próprio para os pés.

Mantenha as unhas sempre cortadas retas e não muito rentes à pele dos dedos, isso pode fazer com que elas inflamem e encravem.

4. Prevenção

Seguindo alguns cuidados com seu diabetes, você evitará também problemas com os seus pés:

  • Mantenha o diabetes sob controle;
  • Teste o nível de açúcar do seu sangue 72 a 126 mg/dL, antes das refeições e não superior a 162 mg/dL, duas horas após as refeições;
  • Ajuste sua dose de insulina de acordo com os resultados dos testes;
  • Verifique regularmente a sua HbA1c – você precisa ter em mente qual foi o objetivo glicêmico definido junto com o seu médico.
  • Adote um estilo de vida saudável. Não fume, controle sua dieta e pratique exercícios regularmente, conforme orientação médica.

5. Importante

Caso haja qualquer alteração nos seus pés, procure seu médico ou a enfermeira do local onde você faz acompanhamento do diabetes.

Solicite ao profissional que examine seus pés, a cada consulta.

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Leave a Comment

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!