Diagnóstico de Diabetes Mellitus

A Diabetes é caracterizada pela incapacidade do corpo de lidar com a elevação dos níveis de glicose no sangue (o que chamamos de glicemia). Neste que é um dos principais artigos informativos do site, fique sabendo como é feito o diagnóstico de Diabetes através dos exames laboratoriais.

Paciente sendo diagnosticado com Diabetes pela médica

O que acontece no organismo com a Diabetes?

Se você recebeu um diagnóstico de Diabetes, isso significa basicamente que o seu organismo não está conseguindo reduzir a taxa de glicose no sangue, ou seja, está havendo hiperglicemia.

Isso acontece, na Diabetes Tipo 1, pela destruição das células beta do pâncreas, responsáveis pela produção de insulina. Este é o hormônio responsável por retirar a glicose do seu sangue e jogar para dentro das células.

Já na Diabetes Tipo 2, o que acontece é uma resistência à insulina: seu pâncreas até consegue produzir uma quantidade adequada de insulina no início da doença, mas ela não consegue desempenhar o seu papel de jogar açúcar para dentro das suas células.

Quais são os sintomas no momento do diagnóstico?

Você sabia? A maioria dos pacientes com Diabetes Tipo 2 (do adulto) são assintomáticos no momento do diagnóstico! Por isso, a maior parte dos portadores de Diabetes, na realidade, ainda nem teve o seu diagnóstico firmado!

Leia mais: Sintomas da Diabetes

Na minoria dos casos sintomáticos de Diabetes, no momento do diagnóstico os sintomas incluem sede em excesso (polidipsia), aumento da frequência de urinar (poliúria), excesso de fome (polifagia), fadiga, irritabilidade, perda de peso, visão embaçada, infecções frequentes (especialmente infecções urinárias).

Imagine que, se a glicose não entra nas suas células, o seu corpo interpreta isso como se você estivesse sem se alimentar! Por isso a perda de peso e o cansaço, dentre outros sintomas. A glicose também atrai água por osmose e, por isso, a sua presença em maior quantidade na urina acaba gerando aumento da frequência de idas ao banheiro. Isso ocorre porque com o nível alto de açúcar no sangue, o açúcar encontra nos rins um caminho para ser eliminado aumentando também volume urinário. Os rins ficam sobrecarregados fazendo com que a pessoa sinta sede e beba muita água. Isso faz com que o portador de diabetes se depare com mais um sintoma comum que antecede o diagnóstico, a perda de peso.

Critérios diagnósticos de Diabetes

De acordo com o protocolo mais recente de Diabetes da ADA 2019, o diagnóstico do Diabetes agora pode ser estabelecido com uma única coleta de sangue, realizando-se dois ou mais exames laboratoriais que permitem o diagnóstico (glicemia de jejum, hemoglobina glicada e/ou curva glicêmica). 

O diabetes é diagnosticado pelos seguintes resultados laboratoriais:

  • Glicemia de jejum: resultado igual ou maior que 126 mg/dL.
  • Glicemia após 2 horas de ingestão de glicose (75 g) – Curva Glicêmica: resultado igual ou maior que 200 mg/dL.
  • Hemoglobina glicada: igual ou superior a 6,5%;
  • Glicemia capilar a qualquer momento do dia superior a 200 mg/dL com sintomas.

A Diabetes Gestacional apresenta um formato diferente de diagnóstico que abordamos em um artigo específico.

Diagnóstico de Pré-Diabetes:

A Pré-Diabetes é um estágio anterior à Diabetes. O seu diagnóstico é realizado quando são encontrados os seguintes resultados laboratoriais:

  • Glicemia de jejum entre 100 e 125 mg/dL;
  • Curva glicêmica entre 140-199 mg/dL 2 horas após ingestão de glicose (75 g);
  • Hemoglobina glicada entre 5,7% e 6,4%.

É importante lembrar que a Pré-Diabetes tem cura, diferente da Diabetes, que é uma doença crônica para a qual ainda não se encontrou uma cura efetiva e que pode apenas ser controlada.

Lembre-se que tanto o diagnóstico quanto a interpretação dos exames devem ser feitos sempre pelo médico, pois diversos fatores podem influenciar os resultados.

Agora que você já sabe mais sobre como é feito o diagnóstico da Diabetes, talvez possa se interessar por esses outros artigos:

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Leave a Comment

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!