Squash

Para quem deseja manter-se em forma mesmo durante o inverno, o ideal é procurar um esporte que possa ser praticado em locais fechados. Esse é o caso do squash (por ser se origem inglesa, pronuncia-se “squósh”).

Nem pense em iniciar essa atividade sem passar por uma avaliação física. O squash foi considerado, em pesquisa pela revista Forbes, o esporte mais completo que existe e, por isso, exige muito preparo físico. Para se ter uma ideia, em 1 hora de competição o atleta perde cerca de 760 calorias.

Gostou? Então prepare o fôlego e boa leitura

Um pouco de história

A história do squash tem duas versões diferentes, mas o país de origem é um só, a Inglaterra do século XIX.

A primeira versão é que o esporte surgiu na Fleet Prision, uma famosa prisão de Londres. Os presos criaram uma variação do tênis que pudesse ser praticada no confinamento. Eles rebatiam uma pequena bola de borracha, às vezes contra os próprios muros da prisão, utilizando uma raquete improvisada ou tacos. Desse improviso surgiu um esporte vigoroso e autêntico, mais ágil e tão desafiador quanto o esporte que o inspirou.

A outra versão registra que o squash surgiu por volta de 1830 na Harrow School, tradicional escola privada inglesa fundada em 1572. O jogo foi inventado por alunos que perceberam que uma bola furada do jogo de “rackets”, quando espremida (squashed) pelo impacto com a parede, produzia um jogo que dependia de reações rápidas para rebater a variedade de trajetórias da bola. A Harrow School construiu as quatro primeiras quadras de squash de que se tem notícia, por volta de 1964.

O squash foi trazido para o Brasil por ingleses que vieram para a região de Minas Gerais, mais especificamente para a cidade de Nova Lima, em busca de ouro.

O esporte integra o programa dos Jogos Pan-Americanos desde a edição de Mar del Plata em 1995, mas ainda não é reconhecido como esporte olímpico.

Principais características e benefícios

O squash é disputado entre dois jogadores em uma quadra de 9,75 metros de comprimento por 6,4 metros de largura. A quadra é cercada de paredes, todas elas com a indicação da linha de serviço. Apenas 30 minutos de prática corresponde a um excelente exercício cardiovascular, reduzindo os riscos de ataques cardíacos e prevenindo contra a hipertensão, o diabetes e a osteoporose.

O esporte também ajuda a relaxar, diminuindo a ansiedade e proporcionando bem-estar. Ossos, músculos e articulações saudáveis são outros benefícios que se obtém com o squash. E como se não bastasse, a perda de peso pode ser um benefício obtido com a prática regular do squash.

A revista Forbes classificou o squash como o esporte mais completo que existe, baseado em uma pesquisa que avaliava os benefícios cardiorrespiratórios, força muscular, perda de calorias e flexibilidade.. O squash ficou em primeiro lugar, seguido pelo remo, escalada e natação.

Dicas e cuidados

  • Como todo esporte, é aconselhável uma fase de aquecimento e alongamento antes de iniciar a atividade física, evitando estiramentos musculares.
  • O squash causa grande desgaste físico, por isso, a hidratação durante a prática é fundamental.
  • Aprenda a maneira correta de segurar a raquete para evitar lesões nos punhos e cotovelos.
  • É essencial usar uma proteção para os olhos devido à alta velocidade alcançada pela bola.

Curiosidades

O nome “squash” está relacionado com as características da bola do jogo, que é macia e flexível. “Squashable” significa “apertável” em inglês.

O mundo conhece dois grandes campeões de squash – Jahangir Khan e Jansher Khan. Ambos ganharam o campeonato mundial individual masculino por oito vezes, ambos são paquistaneses e têm o mesmo sobrenome, mas não são parentes.

Saiba mais

Consulte sempre o seu médico. É de fundamental importância certificar-se que você pode se exercitar sem riscos. Ele é o profissional adequado para orientá-lo quanto à melhor prática esportiva de acordo com seu perfil e objetivos de saúde.

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Deixe um comentário

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!