Bóia Cross

Diversão garantida, principalmente nas épocas mais quentes do ano, descer corredeiras em grandes câmaras de ar de borracha – o acqua ride, conhecido aqui como bóia cross – é brincadeira que virou esporte.

Um pouco da história

Esporte de aventura genuinamente brasileiro, o bóia cross surgiu da necessidade dos paleontólogos de entrar e explorar as cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), na década de 1970. Eles usavam câmaras de ar nas águas do Rio Betary, no vale do Ribeira, e depois aproveitavam para descer o rio – inspirados no espírito de brincadeira, aquele de usar câmaras de pneus de caminhão para boiar nos rios, originado nas cidades ribeirinhas.

O primeiro campeonato brasileiro do esporte aconteceu em 1983, na região de Iporanga, no estado de São Paulo. Com a criação de uma associação, o esporte ganhou organização e regulamentos, assim como os campeonatos – com categorias formadas e circuito com etapas a cada três meses. É um esporte incluído na categoria da canoagem, assim como o rafting.

Principais características e benefícios

Ao contrário do que se pensa, o bóia cross não é praticado sentado na câmara e sim de barriga para baixo, deitando-se com a cabeça na extremidade frontal e os pés no final da bóia, praticamente dentro da água. A maior dificuldade no esporte é manter o equilíbrio, sem deixar que o bote inflável vire. Deixar as pernas abertas bem abertas ajuda a manter a estabilidade.

Hoje, os botes individuais não são mais câmaras adaptadas, mas sim equipamentos desenvolvidos e produzidos especificamente para a prática da atividade, garantindo maior segurança, com alças nas laterais, e ganho de performance por melhor aerodinâmica, como aumentar a velocidade de descida nas corredeiras.

Dicas e cuidados

  • É importante saber nadar bem.
  • Nunca desça um rio sozinho, o ideal é praticar em grupo com a supervisão de um instrutor experiente.
  • Capacete e colete salva-vidas são equipamentos de segurança obrigatórios.
  • Se o tempo estiver ruim, com chuva e/ou raios, deixe para praticar em um outro dia.
  • Rios muito vazios aumentam o risco de que o bote se enrosque ou estoure pela proximidade com o fundo, já rios muito cheios aumentam a velocidade da água e o risco de acidentes. Fique com o meio termo para não estragar a brincadeira.

Curiosidades

Engana-se quem pensa que ir devagar torna a experiência mais fácil. Quanto mais devagar se vai, maior controle e equilíbrio são necessários para se manter em cima do bote.

Saiba mais

Consulte sempre o seu médico. É de fundamental importância certificar-se de que você pode se exercitar sem riscos. Ele é o profissional adequado para orientá-lo quanto a melhor prática esportiva de acordo com seu perfil e objetivos de saúde.

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Deixe um comentário

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!