Basquete

Boa coordenação, agilidade, concentração e fôlego: o basquete exige de seus praticantes essas características, mas os recompensa com maior capacidade cardiorrespiratória, disposição e, principalmente, um grande senso de coletividade.

Esse é um dos poucos esportes nos quais você se diverte até quando joga sozinho , mas é partilhando a tabela com um ou mais amigos que se pratica a estratégia, combina jogadas e se aprende como trabalhar em equipe.

Um pouco da história

O basquete foi criado para ser um esporte coletivo – além de poder ser praticado em ginásios, longe do frio. Isso porque ele nasceu nos EUA, na cidade de Springfield (Massachusetts), elaborado por James Naismith, professor de educação física que buscava uma atividade para os alunos praticar durante o inverno rigoroso da região.

Depois de muito pensar em como fazer algo diferente, elaborou um jogo em que a bola não pudesse ser chutada e nem ficar parada. Para dificultar, decidiu que os alvos deveriam ficar a mais de 3 metros do solo e usou cestas de pêssego para isso.

Era o ano de 1891 e já em 1896 ocorria o primeiro jogo oficial, no qual a Universidade de Stanford venceu a Universidade da Califórnia. O esporte se difundiu rapidamente e chegou ao Brasil trazido pelo americano August Shaw, contratado como professor do Mackenzie College, em São Paulo, por volta de 1896. Em 1904, entrou como esporte demonstrativo nos Jogos Olímpicos de Saint Louis, porém só foi incluído oficialmente nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936. Hoje, o basquete tem mais de 300 milhões de praticantes em todo o mundo.

Principais características e benefícios

Este é um esporte que trabalha músculos de praticamente todo o corpo: além de exigir força nas pernas para acompanhar a partida por toda a quadra e braços ágeis para os arremessos e defesas, é preciso contar com os músculos do abdômen para os saltos e auxiliar na respiração.

Por isso, quem pratica o basquete com regularidade perde gordura e ganha massa muscular com rapidez. Ele ajudar a manter o peso e até a emagrecer, afinal, são gastas entre 500 e 800 calorias por hora de jogo.

O basquete é um exercício excelente para melhorar a condição cardiovascular, além de ser uma grande oportunidade de partilhar o tempo entre amigos.!

Dicas e cuidados

  • O basquete exige um bom preparo físico de seus praticantes, então comece a praticá-lo somente após a avaliação do seu médico!
  • Como em outros esportes, os cuidados com os pés são fundamentais: evite tênis apertados e após as atividades faça sempre um exame cuidadoso para identificar feridas e machucados.
  • Aquecimento e alongamento são imprescindíveis: eles evitam cãibras e preparam o corpo para o esforço da partida.
  • Procure manter-se hidratado durante o jogo, mas não exagere: beba pequenas quantidades de água a intervalos regulares.
  • O esforço físico aliado à emoção da partida pode descompensar o nível de açúcar no seu sangue. Fique atento a sinais como falta de ar, dores ou cansaço extremo. Se notar algum deles, pare a atividade e meça seus níveis glicêmicos. Se os problemas persistirem, procure seu médico.

Saiba mais

Consulte sempre o seu médico. É de fundamental importância certificar-se que você pode se exercitar sem riscos. Ele é o profissional adequado para orientá-lo quanto a melhor prática esportiva de acordo com seu perfil e objetivos de saúde.

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!

Deixe um comentário

Controle sua Diabetes.
Aprenda algo novo.

Assine ao Mudando Diabetes por email
Faça como mais de 5.300 pessoas
e receba nossas novidades!